Ariel Holan quer que Yeferson Soteldo jogue como jogava sob o comando de Jorge Sampaoli no Santos em 2019: sempre pela ponta esquerda, à espera do mano a mano.

Com Cuca, até pela dificuldade em encontrar um meia, o camisa 10 atuou como armador, pela direita e até como falso 9. O ex-treinador costumava falar sobre a necessidade do venezuelano estar em todos os locais do campo.

Com Holan, Soteldo fica mais onde prefe atuar.

“Com Sampaoli era assim, sempre ficava aberto, muito fácil para mim. Com Cuca, ele queria que eu pegasse a bola sempre, sem demorar para tocar na bola. Holan quer que eu faça o mesmo que eu fazia com o Sampaoli. São coisas fáceis para colocar na cabeça e botar em prática”, disse Soteldo.

“São treinadores diferentes. A gente tem que acatar o que falam. Cuca era bom técnico também, Holan chegou e estamos gostando muito dele. Gosta de ficar com a bola e temos técnica para fazer isso”, completou.

Soteldo fez o gol do Santos no empate em 1 a 1 com o Deportivo Lara na noite desta terça-feira, na Venezuelana. O Peixe se classificou para a terceira e última etapa da Pré-Libertadores, quando enfrentará Universidad (CHI) ou San Lorenzo (ARG). As equipes jogarão nesta quarta, no Nuevo Gasómetro. Na ida, empate por 1 a 1 em Santiago.

Só de eliminar o Lara, o Peixe já garante R$ 3 milhões na conta e fica a duas partidas de chegar à fase de grupos da maior competição de futebol do continente.

O Alvinegro voltará a campo para visitar a Ponte Preta no sábado, no Estádio Moisés Lucarelli, pela quinta rodada do Campeonato Paulista.

 

Campartilhe.

Sobre o Autor

Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim.

Deixe Um Comentário


Banner publicidade 728 x 90 RODAPÉ
AGORA É HORA DE SER VOCE?