O corpo de uma estudante de medicina, de 20 anos, foi encontrado enterrado no quintal de uma casa, em, Araguari, a 671 km de Belo Horizonte. Segundo a PM (Polícia Militar), a vítima teria sido assassinada enquanto fazia um programa sexual. O suposto cliente, suspeito do crime, morreu em confronto com os militares ao ser abordado.

Os relatos dão conta que o suspeito, José Hamilton de Jesus, de 43 anos, teria ido à cidade de Uberlândia, a 40 km de Belo Horizonte, para buscar Gabriela Silva para o encontro sexual. Testemunhas informaram aos militares que os dois se conheceram pela internet no mês passado.

Os militares foram até a casa do suspeito e encontraram uma pá e uma enxada, além de perceberem mal cheiro no local.

Ao vasculharem o quintal, os militares encontraram uma área do terreno que apresentava sinais de ter sido movimentada recentemente. Eles escavaram a terra e encontraram o corpo de Gabriela.

O suspeito foi encontrado em um assentamento no mesmo bairro. O homem reagiu à abordagem e acabou morrendo durante uma troca de tiros com os policiais. Com ele, foram encontrados três armas e cerca de R$ 6.000. Ele já havia sido detido em 2005 suspeito de ter assassinado a esposa a facadas.

A amiga da vítima conta que o suspeito teria se oferecido para pagar as mensalidades da faculdade de medicina de Gabriela, que cursava o ensino superior no Uruguai.

— O sonho dela era ser uma grande médica, fazer prova para a polícia e ser médica legista. Morreu hoje esse sonho junto com ela.

Campartilhe.

Sobre o Autor

Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim.

Deixe Um Comentário


Banner publicidade 728 x 90 RODAPÉ
AGORA É HORA DE SER VOCE?