Parte da Vila Mathias receberá nebulização do tipo fumacê entre terça (8) e quinta-feira (10). A dispersão do inseticida tem como objetivo combater o mosquito Aedes aegypti na fase adulta, transmissor da dengue, chikungunya, zika vírus e febre amarela urbana.

A ação começará sempre a partir das 18h e abrangerá o quadrilátero formado pela vias Washington Luís, Braz Cubas e Marechal Pêgo Júnior, Rangel Pestana, Claudio Luiz da Costa e Bernardino de Campos e Rua Joaquim Távora.

No fumacê, os agentes da Secretaria Municipal de Saúde pedem que os moradores deixem portas e janelas abertas e, se possível, que levantem as colchas das camas porque o mosquito costuma se esconder em locais com pouca luminosidade.

A chefe técnica da Seção de Controle de Vetores, Ana Paula Favoreto, assinala que a nebulização com inseticida é uma ação para remediar e não para prevenir, pois só é eficaz contra o mosquito na fase adulta. “A luta para combater criadouros deve ser constante, sendo responsabilidade de todos. Por isso, cada munícipe deve cuidar de seu quintal e fazer a limpeza em torno da casa toda semana, evitando a água acumulada, principal fator para proliferação do mosquito”.

Na semana passada, o fumacê percorreu 61 quadras dos bairros Paquetá, Centro, Vila Nova, Boqueirão e Embaré.

Os agentes da Seção de Controle de Vetores definem os locais das nebulizações com base nos dados de casos confirmados de dengue e chikungunya em cada área. Somente este ano, Santos registrou 4.142 casos de chikungunya (com uma morte) e 2.480 casos de dengue.

Campartilhe.

Sobre o Autor

Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim.

Deixe Um Comentário


Banner publicidade 728 x 90 RODAPÉ
AGORA É HORA DE SER VOCE?