Guarujá antecipa para esta quinta-feira (25) a vacinação de idosos com 69 anos contra a covid-19. O Município recebeu mais 7.700 doses da CoronaVac, do Instituto Butantan, para continuar a avançar no processo de imunização da população. Há a expectativa de atender novas faixas etárias a partir da próxima semana, conforme a meta do atual público-alvo atual for batida e se ainda restarem vacinas. Devem ser imunizados mais de 2.000 idosos na Cidade dentro desse grupo.

O Município segue antecipando o atendimento a novas faixas etárias em relação ao calendário divulgado pelo Governo do Estado. O atendimento ao público de 69 anos estava previsto apenas para sexta-feira (26), assim como a inclusão dos grupos de 70 e 71 anos, mas na Cidade eles já estão sendo vacinados desde o último sábado (20), com a realização do ‘Dia D’ e seguindo durante a semana.

Demais faixas etárias e segunda dose

Mesmo com a ampliação da faixa etária, os demais grupos que já estão em processo de imunização e que por ventura ainda não tenham se dirigido aos postos devem fazê-lo. São eles idosos com 70 anos ou mais, além de profissionais e trabalhadores de saúde.

Também continuam a ser aplicadas as segundas doses nos grupos prioritários. É preciso ficar atento à data descrita na ficha de vacinação para retornar a um dos dois postos de vacinação. Receber o reforço do imunizante é fundamental para garantir a proteção plena contra as formas graves da doença. Por mais que a primeira dose já garanta um algum nível, receber a segunda dose é fundamental.

Postos de vacinação e o que fazer para garantir a dose

A Cidade segue com dois postos de vacinação. Desde a última segunda-feira (22), todo atendimento de imunização contra a covid-19, até então realizado na Unidade de Saúde da Família (Usafa) Jardim dos Pássaros, passou a ser feito no Guaibê, utilizando a estrutura montada para o ‘Dia D’, com funcionamento das 8 às 16 horas para quem preferir ser vacinado dentro do espaço; e das 9 às 15 horas, para quem for de carro. O atendimento será de segunda a sexta-feira.

Além do Guaibê, o Município conta com um posto volante montado na Coordenadoria da Guarda Civil Municipal (GCM), no Distrito de Vicente de Carvalho (Rua Cunhambebe, 500, no Jardim Cunhambebe). Ele funciona das 8 às 14 horas, de segunda a sexta-feira, apenas com sala de vacinas.

Para garantir a dose, basta o munícipe comparecer munido de um documento com foto e comprovante de residência, se for primeira dose. Caso seja a segunda, também é preciso apresentar o cartão de vacinação.

Cadastro prévio

É recomendado, mas não obrigatório, o cadastro no site do VacinaJá, do Governo do Estado (https://www.vacinaja.sp.gov.br/). A realização do pré-cadastro não garante preferência no momento da imunização, mas agiliza o processo de preenchimento dos dados antes da vacinação, economizando 90% do tempo.

Para se ter uma ideia, o tempo de atendimento para quem fez o cadastro leva em média de 1 a 3 minutos. Quando não é feito, a inscrição no ato da vacinação seguida da aplicação da dose propriamente dita demora cerca de 10 minutos.

O cadastro pode ser realizado pelo próprio candidato à imunização ou por algum familiar. Imprimir a ficha que o site disponibiliza ao final contribui ainda mais para agilizar o atendimento no posto.

Campartilhe.

Sobre o Autor

Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim.

Deixe Um Comentário


Banner publicidade 728 x 90 RODAPÉ
AGORA É HORA DE SER VOCE?