O prefeito de Santos, Rogério Santos, participou de coletiva de imprensa do Centro de Emergência Covid-19 de São Paulo na última sexta-feira. Ele apelou a todas as pessoas da capital e de outras partes do estado: “Não saiam de casa, não venham para a Baixada Santista.

As conferências de imprensa são normalmente apresentadas pelo governador João Doria, desta vez pelo vice-presidente Rodrigo Garcia. Ele confirmou que nos próximos dois finais de semana da fase emergencial do plano SP (19, 20 e 21 e 26, 27 e 28 deste mês) a “Operação Descida” no sistema Anchieta-Imigrantes foi suspensa.

Portanto, o governo tem cumprido as exigências do Condesb do Comitê de Desenvolvimento da Baixada Santista. Na entrevista coletiva, Rogério explicou os motivos desse pedido. “Há 14 dias, a Baixada Santista apresentava o melhor indicador do Estado em termos de ocupação de UTI. Apenas 44%. Hoje, estamos com 80%. Os hospitais particulares estão pedindo vaga para o SUS”.  Ele disse: “Isso afetou diretamente o município da Baixada Santista.” Ele acrescentou que a população da capital desceu para viajar ou porque usou a área como sua segunda cidade natal.

Outro motivo apontado pelo prefeito para a suspensão da Operação Descida foi o recente decreto que antecipa feriados na cidade de São Paulo. “Isso impacta diretamente os municípios da Baixada Santista”, disse ele, acrescentando que pessoas da Capital descem a serra por turismo ou porque têm a região como uma segunda casa.

Lockdown na região
Sobre um possível lockdown, o prefeito de Santos garantiu que essa decisão será tomada em conjunto com os demais prefeitos da Baixada Santista. “Não adianta se tomarmos medidas isoladas”.

Foto: Reprodução/Governo de São Paulo

 

Campartilhe.

Sobre o Autor

Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim.

Deixe Um Comentário


Banner publicidade 728 x 90 RODAPÉ
AGORA É HORA DE SER VOCE?