Ficou para esta sexta-feira a decisão sobre a adoção de um lockdown na Baixada Santista. O Comitê de Desenvolvimento Regional Metropolitano da Baixada Santista (Condesb) que reúne 9 municípios da região e se reuniu por meio de videoconferência na tarde desta quinta-feira (18). No entanto, a decisão de ampliar as medidas restritivas na região ainda não foi anunciada. Paralelamente, a Prefeitura deve anunciar o fechamento do Calçadão de Santos nesta sexta-feira.

As cidades analisam a adoção conjunta de medidas mais restritivas em virtude do avanço exponencial da pandemia em todo o estado e na Baixada Santista. Os municípios também reiteraram o pedido ao Governo do Estado de São Paulo para a realização de barreiras orientativas nas estradas de acesso à região, reforço no policiamento e manutenção do cancelamento da operação descida. Os prefeitos expressaram, ainda, preocupação quanto à antecipação de feriados na cidade de São Paulo e os reflexos destra ação na Baixada.

Logo pela manhã, o prefeito de Santos, presidente Condesb Rogério Santos, disse em entrevista à televisão que o lockdown é uma forma prática de ajudar a controlar a contaminação da Covid-19 e devido à falta de leitos de UTI e sobretudo, no desafogo do sistema público de saúde atualmente à beira de um colapso,

Campartilhe.

Sobre o Autor

Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim.

Deixe Um Comentário


Banner publicidade 728 x 90 RODAPÉ
AGORA É HORA DE SER VOCE?