A Câmara Municipal de Santos aprovou por unanimidade o financiamento em reunião extraordinária na tarde desta segunda-feira (22) para que a prefeitura possa negociar a dose da vacina contra o Covid-19 separadamente.

As votações são encaminhadas ao Legislativo pelo prefeito Rogério Santos. Os parlamentares aprovaram que o município pode usar 60 milhões de reais para a compra de vacinas.

O valor dessas negociações virá do grande acervo da Prefeitura. De acordo com as necessidades apuradas pela prefeitura, esse valor pode aumentar em 20%, o que resultará em uma restrição de 72 milhões de reais para a compra de imunizações.

Campartilhe.

Sobre o Autor

Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim.

Deixe Um Comentário


Banner publicidade 728 x 90 RODAPÉ
AGORA É HORA DE SER VOCE?