O Hospital Beneficência Portuguesa de Santos não fornece mais respiradores para novos pacientes com covid-19. Além disso, os leitos usados ​​para tratar pacientes com coronavírus estão quase lotados. Na terça-feira (16), o hospital informou ao #DZN que existem apenas dois respiradores, e esses respiradores são reservados para segurança.

Dos 32 equipamentos existentes no hospital, 30 estão em uso. O presidente Ademir Pestana disse que, em outras palavras, o hospital não possui ventiladores para receber novos pacientes da Covid-19 e explicou que dos 46 leitos disponibilizados para os pacientes da Covid, 44 estão ocupados. Dos 46 leitos para covid-19 pacientes, 27 são utilizados em enfermarias (que estão 100% ocupadas), enquanto 19 leitos são utilizados na UTI, dos quais 17 já estão ocupados. Ademir Pestana informou ainda que dos 32 ventiladores do hospital, 30 estão em uso. Os dois restantes são por razões de segurança, se necessário.

“Não temos mais respiradores. Temos outros doentes no hospital que, a qualquer momento, podem precisar desses que estão para emergência. Para covid-19 já não tem mais, estamos no limite, o que significa que na tarde desta terça-feira, não temos mais condições de receber novos pacientes com a doença” explicou o presidente.

Situação da Cidade

Na terça-feira, a taxa de ocupação total de leitos na cidade de Santos aumentou (16). Na segunda cidade, 424 pessoas foram hospitalizadas. Nesta terça, foram 447 internações em 717 leitos. Entre os 331 leitos de UTI, 230 pacientes foram hospitalizados. A taxa de ocupação total dos leitos hospitalares é de 62%, enquanto a unidade de terapia intensiva é de 69%. Na rede SUS, a proporção é de 56% e na rede privada é de 89%.

Divulgação/Beneficência Portuguesa

Campartilhe.

Sobre o Autor

Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim.

Deixe Um Comentário


Banner publicidade 728 x 90 RODAPÉ
AGORA É HORA DE SER VOCE?