Em transmissão ao vivo realizada nesta quarta-feira (31), o prefeito de Santos e presidente do Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana da Baixada Santista (Condesb), Rogério Santos (PSDB), disse que após o lockdown, a Baixada Santista irá entrar em uma fase emergencial com mais restrições.

Segundo o presidente Condesb, os prefeitos de nove cidades da região chegaram a um acordo após reunião realizada nesta tarde, acertando que essas cidades entrarão novamente no estado de emergência, o que foi sancionado no estado de São Paulo em 15 de março.

No entanto, medidas mais rígidas serão tomadas do que antes. A partir desta segunda-feira (5), o decreto que regulamenta o funcionamento da atividade comercial ainda será editado por cada município. Porém, o que o Rogério falou vai mudar.

“No dia 5 entramos na fase emergencial, porém, mantivemos as restrições da não abertura de escolas municipais e particulares. Aluguel de imóveis de temporada também não funcionarão, supermercados e padarias funcionam até as 20 horas e supermercados não vendendo eletrodomésticos e roupas. Ficou decidido que as barreiras serão mais rígidas e as feiras voltam, mas terão protocolos mais rígidos”, disse.

O prefeito de Santos afirmou ainda que a ocupação do município por unidades de terapia intensiva (UTIs) aumentou exponencialmente durante o mês de março. “No dia 6 de março nós entramos na fase vermelha. Naquele momento nós tínhamos 51% de ocupação de leitos em UTI. No dia 15 o governo colocou o estado todo em situação emergencial. Em nove dias nós saltamos de 50% para 70% da população em UTI, e já tínhamos 213 leitos ocupados. No dia 23 entramos em lockdown”, lembrou.

Plano de metas

O prefeito de Rogério Santos apresentou o plano de metas do governo ao auditório durante uma transmissão ao vivo na rede social da cidade. Ele também anunciou um plano de incentivos fiscais para comerciantes afetados pela pandemia, uma ampliação do plano de distribuição de renda para pessoas em situação de fragilidade social e outras ações.

O Plano de Metas está acessível a todo momento no portal da Prefeitura de Santos, no ícone transparência. A página funciona em parceria com a Câmara de Vereadores, e disponibiliza à população os dados, prazos, cronogramas e etapas de cada ação dentro do Plano de Metas.

Das 655 metas estabelecidas pelo governo, 1,98% já foram concluídas, 35,27% estão em andamento e em avaliação são 62,75%. O sistema também apresenta por secretaria.

As metas estão divididas entre os 403 compromissos do Plano de Governo, registrado na Justiça Eleitoral e as 252 Prioridades de Gestão elencadas pelas secretarias e a administração indireta para os próximos 4 anos. Dos compromissos do Plano de Governo, até hoje, 13 estão concluídos, 141 estão em andamento, 249 ainda estão em avaliação e 0 não foram concluídos.

Das Prioridades de Gestão, 90 estão em andamento, 162 ainda estão em avaliação e 0 não foram concluídas. Clique aqui para acessar o portal e visualizar o Plano de Metas da Prefeitura de Santos .

 

 

Campartilhe.

Sobre o Autor

Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim.

Deixe Um Comentário


Banner publicidade 728 x 90 RODAPÉ
AGORA É HORA DE SER VOCE?